CONSCIÊNCIA CRIATIVA

Como humanidade atravessamos momentos desafiantes que colocam em causa modelos de vivência e permanência na terra. A raça humana em algum momento da história desconectou-se de si, e cada indivíduo perdeu a ligação ao seu centro essencial, ao seu balanço interno, que ressoa em todos os outros seres e elementos desta comunidade global.


Tudo no universo tem um ritmo, tudo na vida está a balançar – tudo dança. E é neste balanço que reside a força vital, a vitalidade que se manifesta através da expressão única e criativa do ser humano. Conectamo-nos com este ritmo quando voltamos a ligar-nos ao “ponto do eu mais profundo”.

Chegámos a um tal ponto de desconexão que hoje várias pessoas estão a tornar-se agentes de mudança e transformação, pessoas que se perguntam o que realmente importa, reavaliando a direcção das suas vidas. Este movimento, desperta-nos para o questionamento de quem somos, qual o nosso papel na visão de um novo mundo, de que forma estamos a contribuir, qual o significado da nossa existência...


conectados ao ritmo da vida


Estar em consciência criativa apoia a construção de um novo mundo através de um estado de centramento, presença e plenitude – um lugar de amplitude perceptiva e conectado ao ritmo da vida. Quando estamos centrados, presentes nos nossos corpos e conectados a nós mesmos e ao mundo ao nosso redor, naturalmente, entramos em contacto com o propósito e significado da nossa vida.


Estar presente numa percepção expandida dá-nos a possibilidade de sabermos quem somos, de cuidarmos de nós enquanto parte de um todo maior, permite-nos o “retorno a casa”, Ser e Fazer diferente, a partir de uma escolha consciente que responde “ao que quero criar aqui?”.

Desenvolver a consciência criativa, através da abordagem da 3ª geração da PNL, com os princípios da generatividade, capacita-nos de nos religarmos a nós mesmos e assim saber reconhecer oportunidades e lidar com desafios a partir do Eu mais autêntico. Estar em consciência criativa, presença conectada e autenticidade plena, desenvolve em nós princípios, atitudes e habilidades práticas que nos permitem abordar as transições da vida com maior flexibilidade, adaptabilidade, facilidade e desenvoltura.


Experimente trazer a sua atenção para o corpo, para a respiração, encontre o ponto a partir do qual se sente presente, e responda: Qual a minha intenção mais profunda? Qual o meu sonho? O que represento na vida? O que especificamente quero alcançar?

Quando tiver essas respostas mantenha esse estado centrado e conectado com a consciência criativa e deixe que o fluxo da vitalidade se expanda.

Centrados em quem realmente somos, podemos viver profundamente ligados a nós mesmos e aos outros – sabemos o que escolher, sabemos o que fazer.


Reencontrar, resgatar e apoiar esta conexão é o elemento essencial para transformar a nossa realidade colectiva e a cura do nosso mundo.


~ por Joana Sobreiro


#wholeness #generativechange

28 visualizações
  • Facebook - Black Circle
  • Instagram - Black Circle
  • LinkedIn - Black Circle
  • Spotify - Black Circle

(+351) 91 723 79 68​ | joana.r.sobreiro@gmail.com

 

 

Largo da Palmeira nº 140 1º andar, Abóboda

2785-038 São Domingos de Rana - Cascais

#NEWSLETTER

#CONTAcTOs

© 2018 por Joana Sobreiro

Política Privacidade