• joanasobreiro

EXISTO LOGO PENSO

Atualizado: Jun 11

O pensamento humano desenvolve-se pela forma como percebemos e compreendemos a vida – evoluímos hoje, para a abertura a um novo paradigma na representação da existência, que se traduz numa visão una e ampla da vida.

René Descartes, in 'Discurso do Método' ao afirmar “penso logo existo” destinou toda uma corrente de pensamento que chegou até aos dias de hoje, e que só muito recentemente foi refutada pelo pensamento sistémico. Surgida na segunda metade do século XX, a visão sistémica vem propor integrar a percepção do todo, até então ausente no reducionismo-mecanicista e no pensamento cartesiano. Esta nova concepção da vida, não exclui a racionalidade científica, mas considera ser insuficiente quando se pretende compreender e explicar o desenvolvimento e evolução humana.


As emoções geradoras

de comportamento


António Damásio no seu livro “O Erros de Descartes” contraria a ideia cartesiana de que o pensamento lógico e racional é a pedra basilar do funcionamento da mente, e introduz a importância do sentimento e da emoção.

Vários estudos publicados falam-nos da importância das emoções como geradoras de comportamento, e como estas influenciam os nossos processos mentais como a aprendizagem, a memória, a inteligência e a percepção. As emoções ganham assim uma nova dimensão, pois são fundamentais na construção da racionalidade, e não dependem exclusivamente do cérebro, mas da interacção deste com o corpo.


Cognição, Emoção e Conexão


Um novo conceito de inteligência vem surgindo, a Inteligência Espiritual, dizendo que o "divino" habita aqueles que tiverem a percepção sobre si mesmos e do que está para além de si – é desta forma que falamos do conceito das 3 mentes. A terceira geração da PNL, a programação neurolinguística generativa, aborda hoje os níveis mais profundos do desenvolvimento e experiência humana, partindo de um pressuposto sistémico e holístico. As três gerações da PNL estudam o funcionamento da mente, e as duas primeiras estiveram centradas, sobretudo, na mente cognitiva, sendo a terceira geração aquela que acolhe a inteligência do corpo, a energia do sistema e, mais do que isso, a interacção entre estas três dimensões: a cognição ou mente cognitiva, a emoção ou mente somática e o sistema ou mente de campo.


"Quando a inteligência emocional encontra a inteligência espiritual, a natureza humana é transformada" - Deepka Chopra

A mente cognitiva é a sede da lógica e da racionalidade, é a que sabe – capaz de simular cenários e situações hipotéticas, pela sua concepção de tempo e de espaço, é capaz de formular objectivos e planear caminhos. Mas, não é ela que nos coloca em movimento.

A mente somática é a mente primitiva, que nos liga ao corpo, é a que sente – capaz de criar o impulso para o movimento, é aqui que tem início a tomada de consciência dessa ligação corpo-cognição, e como estes dois se influenciam.

A mente de campo é a mente da consciência do todo, é a consciência da colectividade, é a que se conecta – capaz de processar tudo pois não tem noção de espaço e tempo, considerando tudo e todos como unos, sem noção de “eu” porque tudo é “nós”.

Aqui chegados, podemos então afirmar que EXISTO LOGO PENSO. Porque não existe o caminho da alma, a alma já está no caminhar. Não passe pela vida sem alma, não passe pela vida sem sentir, sem perceber. Perceba os lírios da estrada, é aí que está o caminho da alma, a isso damos o nome da nova inteligência integrada... A Espiritual.


~ escrito em colaboração por Joana Sobreiro e Weliton Magela


#generativechange #spiritualintelligence

0 visualização
  • Facebook - Black Circle
  • Instagram - Black Circle
  • LinkedIn - Black Circle
  • Spotify - Black Circle

(+351) 91 723 79 68​ | joana.r.sobreiro@gmail.com

 

 

Largo da Palmeira nº 140 1º andar, Abóboda

2785-038 São Domingos de Rana - Cascais

#NEWSLETTER

#CONTAcTOs

© 2018 por Joana Sobreiro

Política Privacidade